O aluno aprende brincando com o NAV Digital!

4 estratégias para aprender brincando com a Cultura Maker

Desde o século XIX, ramos da biologia e da psicologia se debruçam sobre como funciona o processo de aprendizagem no cérebro das crianças. Grandes nomes como Piaget, Vygotsky e Henri Wallon, entre outros, levantaram a questão da importância de se aprender brincando.

Segundo esses estudiosos, o cérebro humano tem melhores respostas ao aprendizado em um ambiente mais lúdico.

Foi pensando nisso que elaboramos uma lista com 4 estratégias para intensificar o aprendizado dos seus alunos por meio de aulas mais divertidas.

Quer saber quais são elas? É só vir com a gente!

1. Apresente o conteúdo com histórias criativas!

Ao propor um tópico para a aula, tente abordá-lo de uma maneira que prenda a atenção dos seus alunos e desperte a imaginação. Uma boa forma para isso é criar uma narrativa que envolva os estudantes enquanto compartilha o conteúdo.

Na atividade Recado Animado, ensinamos as crianças a criar mensagens animadas utilizando a linguagem de programação Scratch. Parece complexo, não? Mas no NAV Digital, abordamos o assunto por meio da historinha de Violeta e Azulito. 

Assim, o conteúdo fica mais leve e os estudantes o absorvem mais, pois podem aprender brincando. Além disso, eles desenvolvem empatia, colaboração e estimulam a criatividade.

2. Integre o conteúdo no dia a dia do aluno!

Em 2010, Christopher Emdin, um professor da Columbia University, nos Estados Unidos, criou um programa chamado HipHopEd (link em inglês). Ele inseriu a cultura hiphop e o rap no ensino do conteúdo convencional das escolas de bairros negros norte-americanos. 

Esses ritmos musicais eram muito presentes no cotidiano desses alunos, mas constantemente vistos como opostos à educação. O programa HipHopEd permitiu que muitas escolas organizassem batalhas de rap na sala de aula, com temas diversos envolvendo Ciências, Matemática e afins. 

Com isso, os alunos têm a chance de aprender brincando, em um processo criativo e educativo. A melhoria nos resultados dessas escolas foi tão positiva que o projeto cresceu a ponto de já ser utilizado em muitos outros países.

Nas palavras de Christopher: “a educação não deve ser um meio de tirar o aluno de seu bairro. Mas exatamente o meio pelo qual o bairro melhora”.

3. Estimule seu aluno a aprender brincando!

É muito mais legal e fácil aprender quando entendemos a utilidade daquilo que estudamos. Se o aluno só tem acesso a fórmulas ou se é difícil visualizar na prática o que está sendo ensinado, ele vai absorver esse conhecimento de forma limitada.

Pensando nisso, as aulas makers do NAV Digital propõe desafios. Eles estimulam o aluno não só a usar a criatividade para ressignificar os recursos disponíveis em casa, mas também a colocar a mão na massa para construir o próprio protótipo. 

É assim que promovemos o aprendizado do aluno! Ao aprender brincando, ele vê sentido no conteúdo passado e acaba se engajando mais nas aulas da escola.

4. Incentive o protagonismo do aluno!

Ao elaborar uma aula, é sempre bom se certificar de que o aluno tenha um papel ativo no aprendizado. Colocá-lo como protagonista garante seu engajamento no processo enquanto desenvolve sua autonomia, sua autoconfiança e sua habilidade de tomar decisões. 

Faz parte do protagonismo abrir um espaço para que o estudante dê feedbacks ao professor a respeito de sua metodologia. Saber que sua voz é ouvida e que sua opinião importa afeta diretamente o desempenho e o desenvolvimento dessas competências.

Os desafios mão na massa do NAV Digital dão ao aluno o espaço necessário para que ele estimule a criatividade e desenvolva competências super importantes e exigidas no mundo atual, como protagonismo, autonomia, empatia e persistência.

Leia mais em: 7 dicas para deixar as aulas online mais participativas

Com o NAV Digital para possibilitar que seu aluno aprenda brincando com o Maker!

São diversos conteúdos disponíveis para tornar suas aulas mais didáticas e divertidas e trazer à tona todo o potencial dos alunos entre o 1º e o 9º ano do Ensino Fundamental.

Com o NAV Digital, eles podem aprender brincando – e os educadores se divertem junto!

O fio condutor de todo o aprendizado Maker é incentivar o aprendizado de conteúdos escolares enquanto se estimula o desenvolvimento de competências necessárias para o mundo de hoje. No NAV Digital, buscamos a formação de indivíduos colaborativos, empáticos e aptos a transformar a sua realidade.

E tão importante quanto o aprendizado em si é garantir que o processo educativo está sendo suficientemente lúdico. Assim, os resultados são permanentes!

Curtiu? Conheça as aulas makers online: a proposta do NAV Digital para um aprendizado mais significativo (e divertido) em casa! 

E leve o NAV Digital para sua escola!

 

comentários