Guia do Inovador das Galáxias: novas possibilidades para o protagonismo do aluno

Você consegue imaginar um material didático, que conversa com a realidade dos alunos, utilizando linguagem lúdica e atividades práticas, desenvolvidas com o objetivo de desenvolver competências e transformá-los em protagonistas? Pois é! Este material existe e se chama Guia do Inovador das Galáxias (GIG).

O Guia do Inovador das Galáxias é um material didático parte do projeto de Cultura de Inovação que levamos para nossas escolas parceiras.

“Acreditamos que a escola deve ser um lugar propício à construção de conhecimentos e projetos, mas também de propósitos de vida, transformando o mundo ao seu redor a partir da curiosidade, dos questionamentos e, claro, da coragem para mudar”, explica Lucas Torres, CEO e cofundador do Nave à Vela.

Então, se por algum momento você achou que isso poderia ter algo a ver com a Cultura Maker, saiba que… acertou em cheio!

Alunos protagonistas: a Cultura de Inovação na Escola

No mundo, não há melhor lugar do que uma escola para educar para a vida, não é mesmo? Mas e se, além do currículo tradicional, os colégios pudessem permitir que as crianças desenvolvessem competências para o futuro? E se as escolas pudessem ensinar por meio de projetos, fomentando sua capacidade para lidar com questões complexas, solucionar problemas, empreender ou simplesmente colocar a mão na massa e fazer?

Parece legal? Então, você vai gostar de saber que é isso que acontece com o desenvolvimento de uma Cultura de Inovação no ambiente escolar.

Com o estímulo ao protagonismo, à inovação e às ações de desenvolvimento social, cultural e pedagógico, as escolas dotadas de Espaços Makers e de um programa curricular voltado para inovação passam a ter um diferencial para a preparação destes jovens para os desafios do futuro.

Criados para promover essa dinâmica mão na massa, hoje, o Espaço Maker representa parte de uma estratégia de ensino em que os alunos assumem papel absolutamente ativo em sua formação. E é justamente para facilitar essa jornada marcada pelo protagonismo que o Nave à Vela desenvolveu o seu Currículo de Cultura de Inovação (CCI).

 

Mas você sabe o que é o Currículo de Cultura de Inovação?

Mais do que preparar para testes, provas e vestibulares, para nós do Nave à Vela é importante oferecer aos jovens uma educação capaz de prepará-los para os desafios da vida.

E nada melhor para isso, do que um programa curricular focado em desenvolver uma “Educação para Inovação”. Esse é o Currículo de Cultura de Inovação que oferecemos à nossas escolas parceiras.

Fundamentadas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), as atividades do Currículo de Cultura de Inovação do estimulam o protagonismo e a criação do aluno, trabalhando o desenvolvimento de competências ligadas ao letramento tecnológico, à resolução criativa de problemas e à realização de projetos.

Ao estimular estas três frentes de competências ligadas à inovação, o aluno também enfrenta situações e oportunidades que contribuem para o desenvolvimento de competências socioemocionais, como a empatia, a colaboração e a autonomia.

 

metodologiaNav

 

Nas aulas propostas pelo CCI, o aluno é estimulado a desenvolver competências necessárias para os desafios que vão além do vestibular e da entrada na universidade. Desafios como trabalhar por projetos e de maneira autonôma.

Na metodologia Nave à Vela, o erro é visto como uma parte natural do processo de aprendizagem. Consideramos que a forma com que o estudante lida com empecilhos, assim como a maneira como controla o seu lado emocional, é algo fundamental para que ele possa avançar tanto nos estudos, quanto na vida.

Após uma aula de geografia sobre desastres ambientais, por exemplo, os alunos podem formular ideias para ajudar a resolver os problemas de uma comunidade, a partir da elaboração de um projeto que ajude na coleta de lixo ou na criação de uma peça para facilita a atividade de coleta de lixo.

Alinhadas à BNCC e ao currículo pedagógico de nossas escolas parceiras, as atividades do CCI são desenvolvidas por meio de um co-planejamento pedagógico, realizado com o núcleo de educadores envolvidos no projeto, gerando mais significado para o processo de aprendizagem do aluno.

Soma-se a isso, os subsídios e orientações oferecidos por nossa equipe para os educadores – materiais didáticos e de suporte – e, claro, o material do aluno que, no Nave à Vela, ganhou o nome de Guia do Inovador das Galáxias.

 

Guia do Inovador das Galáxias: novas possibilidades para o protagonismo do aluno

Desenvolvido em linguagem lúdica e atrativa, o Guia do Inovador das Galáxias traz diferentes ferramentas e materiais para as atividades e projetos, aprofundando os conteúdos das aulas.

Além de orientar os projetos realizados dentro do espaço maker, o Guia do Inovador das Galáxias serve também como um complemento, para que os alunos possam aprofundar os aprendizados do CCI fora da sala de aula, com atividades que terminam por envolver até os pais dos estudantes.

10 vantagens ligadas à utilização do Guia do Inovador das Galáxias

1 – Utiliza linguagem próxima à realidade do estudante;
2- Conversa com o universo do aluno;
3 – Estimula a curiosidade do jovem, para que ele possa ir além do conteúdo;
4- Sugere desafios práticos em diferentes áreas do conhecimento, como lógica, artes e linguagens, por exemplo;
5- Ressignifica o processo de aprender;
6- Promove a autorreflexão e o desenvolvimento socioemocional;
7- Ajuda a desenvolver competências e habilidades;
8- Apoia a consolidação do aprendizado por meio de ferramentas;
9 – Auxilia na contextualização das aulas do CCI;
10- Oferece mais transparência, permitindo o acompanhamento dos pais com relação às atividades realizadas.

 

 

Como um instrumento-chave para que os alunos possam aprofundar os aprendizados do CCI, no Guia do Inovador das Galáxias é possível encontrar:

• Carta que explica ao os pais exatamente o que seus filhos irão aprender, além de esclarecimentos sobre o uso do material;
• Materiais para aprofundar o conhecimento, para serem utilizados em casa;
• Ficha para autoavaliação socioemocional durante aula do CCI;
• Cards de aprendizado;
• Materiais com realidade aumentada

Com a soma de todos estes pontos – metodologia voltada para a inovação, adequada à proposta pedagógica da escola, com a parceria e o envolvimento dos educadores, com um material que desafia o aluno a explorar todas as suas potencialidades e, claro, com o apoio dos pais – a jornada rumo ao desenvolvimento.

Quer saber mais sobre o Nave à Vela e o Guia do Inovador das Galáxias? Clique aqui.

comentários